Trânsito

Conheça o veículo que é vice-líder de vendas do segmento de sedãs

O atual vice-líder de vendas do segmento de sedãs médios do mercado brasileiro vai ganhar um novo visual, muito mais moderno e robusto que o atual. Tudo isso para tentar deixar a vice-liderança do seu segmento e abocanhar a liderança, que atualmente está com seu maior rival, o Honda Civic. Pelas fotos divulgadas por veículos de imprensa especializados, o carro apresentará mudanças consideráveis em relação ao modelo atualmente comercializado pela Toyota no mercado brasileiro.

O Toyota Corolla 2021 foi flagrado em testes em uma rodovia do Estado de São Paulo, próxima à fábrica da montadora, em Indaiatuba. O veículo estava camuflado, como é de praxe nesse tipo de situação, em uma tentativa de dificultar a visualização das linhas do veículo. Mas apesar disso, foi possível descobrir algumas das mudanças que a Toyota prepara para o seu top de linha por aqui.

A principal está por conta da sua grade dianteira, com detalhes cromados e em formato de V. O veículo parece muito mais robusto do que o Corolla atual e tem também um design geral muito mais moderno do que o apresentado pela defasada versão atual do modelo.

A versão que estava em testes no interior de São Paulo se parece em muito com a versão do Corolla já lançada no mercado europeu, que difere em alguns detalhes da versão lançada no mercado dos Estados Unidos. Isso se reflete pela semelhança entre os gostos dos consumidores brasileiros e os dos consumidores europeus, que difere do tipo de consumidor norte-americano.

A robustez visualizada no modelo que fazia testes no interior de São Paulo é justificada pelo aumento nas dimensões do Toyota Corolla 2021 em relação à versão atual. O comprimento ficou 99 milímetros maior, chegando aos 4,63 metros. A largura aumentou em 16 milímetros, atingindo o 1,76 metro. No entanto a altura diminuiu, ficando 10 milímetros mais baixa, tendo agora 1,45 metro. Esses foram números divulgados pela própria Toyota.

Com motorização idêntica à dos modelos atuais, sendo 1.8 e 2.0, com 144 e 153 cavalos de potência respectivamente, a grande inovação do Toyota Corolla 2021 mecanicamente falando virá na caixa de câmbio, já que agora o veículo terá uma transmissão automática (a moderna CVT) de sete velocidades. Com isso, o câmbio automático de quatro velocidades dos modelos atuais será aposentado, para a alegria dos consumidores brasileiros, que reclamavam muito desse, que era um dos pontos fracos do Corolla brasileiro.

A precificação do novo Toyota Corolla 2021 ainda não foi divulgada pela montadora japonesa, mas tudo indica que ela seguirá a lógica atual, com configurações similares às atuais também.

A Toyota do Brasil ainda não divulgou oficialmente quando pretende lançar o novo Corolla 2021, mas tudo indica que o modelo chegará às concessionárias brasileiras no final desse ano, para competir de igual para igual com o Honda Civic, que atualmente leva vantagem sobre o modelo da Toyota. Mas com as mudanças anunciadas e visualizadas, isso deixará de acontecer. E quem ganha com isso são os consumidores brasileiros, que agora terão mais uma grande opção no segmento de sedãs médios. Leia mais!

Concurso

Mais um grande concurso na área da educação está prestes a ser autorizado

O concurso em questão visa selecionar profissionais da educação para atuarem nas escolas estaduais do Estado do Espirito Santo.

Com a realização do Concurso Público, o Governador Paulo Hartung espera dar continuidade ao processo de ensino e aprendizagem, buscando assim, superar os desafios da educação naquele Estado.

O anúncio do Concurso SEDU ES 2021 foi feito pelo próprio Governador, durante uma cerimônia ocorrida na terça-feira, 12 de julho. A cerimônia foi palco para a posse de 700 professores aprovados no concurso da educação realizado em 2015. Esses novos professores lecionarão em escolas da rede pública estadual para alunos do ensino fundamental e do ensino médio.

A expectativa é que o Edital do Concurso SEDU ES 2021 seja lançado ainda neste ano de 2019.

Durante a cerimônia, falou também o Secretário da Educação, Haroldo Rocha. De acordo com ele, o objetivo é a realização do concurso de remoção, no qual os professores efetivos serão contemplados com a mudança para outra escola, que seja mais próxima da residência do professor, em caráter definitivo. Essa remoção é uma solicitação da classe e já faz muito tempo que esperam que aconteça.

O último concurso para profissionais do magistério do Estado do Espírito Santo ocorreu em 2015.  O concurso, que ofereceu mais de 1000 vagas, foi organizado e realizado pela Fundação Carlos Chagas. Na época, as oportunidades abrangeram professores nas áreas de Língua Portuguesa, Matemática, Física, Química, Biologia, Ciências, Geografia, História, Língua Inglesa, Sociologia, Filosofia, Artes e Educação Física.

Na prova, que foi elaborada com 70 questões, foram cobrados conhecimentos específicos, conhecimentos gerais e questões discursivas. Houve ainda a prova de títulos, de caráter classificatório.  Todas as provas aconteceram no mesmo dia.

A remuneração mensal para professores detentores de diploma de licenciatura plena girou em torno de R$ 1.982,55 e para aqueles que concorreram ao cargo com exigência de diploma de doutorado, o salário era de R$ 3.554,92. A jornada de trabalho para fazer jus aos salários era de 25 horas semanais.

Uncategorized

Todos os anos o governo federal possibilita aos trabalhadores o PIS

Todos os anos o governo federal possibilita aos trabalhadores o pagamento do Caixa PIS 2021. Benefício que é tido com um salário extra para os profissionais, o Caixa PIS 2021 tem datas para os trabalhadores poderem sacar e a forma certa, e aqui vamos compreender juntos.

O que é o PIS?

Mas para entendermos tudo isso que foi destacado acima, precisamos saber exatamente o que é PIS.

O PIS é uma sigla que se refere ao Programa de Integração Social, os trabalhadores que pertencem a iniciativa privada têm direito a esse acesso que é determinado por lei.

O Programa tem como intuito incluir ainda mais o empregado de empresas privadas no desenvolvimento da empresa na qual é empregado, o pagamento do PIS é realizado através da Tabela do PIS 2017 aos trabalhadores é de responsabilidade da Caixa.

Quem direito ao Caixa PIS?

Todos os trabalhadores que tiverem 5 anos ou mais de trabalho formal ou que tenham trabalhado dentro de um período no ano anterior constado na carteira de trabalho pode sacar o PIS.

São vários os requisitos que o trabalhador precisa atingir para poder ter direito de sacar seu PIS 2021, e abaixo estão listados alguns deles:

  • Ter trabalhado no mínimo um mês no ano anterior ao pagamento do seu PIS 2021, ou seja, ter trabalhado pelo menos um mês em 2017;
  • Ter recebido ao menos dois salários mínimos por mês no ano anterior a 2021;
  • Ter no mínimo 5 anos de cadastro junto ao PIS;
  • O trabalhador precisa ser empregado em uma empresa privada ou jurídica com CARTEIRA ASSINADA.

Quem NÃO pode receber o Caixa PIS 2021?

  • Pessoas que não tiverem 5 anos de cadastro no PIS
  • Jovem Aprendiz;
  • Empregados Domésticos;
  • Pessoas que trabalham para pessoas físicas, ou seja, trabalhador rural ou urbano;
  • Diretores de empresas, mesmo que contribuam com o FGTS.

Valor Caixa PIS 2021

O valor que o trabalhador que tem direito ao PIS 2021 equivale ao valor do salário mínimo atual vigente.

Ou seja, as pessoas que receberem o PIS em 2017 terá seu PIS no valor do salário mínimo que é R$ 937,00, e os trabalhadores que irão receber em 2021 receberá o valor de R$ 1.002,70.

Como Consultar Caixa PIS 2021

Para consultar valores e se você tem direito ao Caixa PIS 2021, basta acessar o site da CAIXA, e seguir o passo a passo abaixo:

No primeiro passo você precisa acessar o link indicado acima para pode ter acesso a opção PARA TRABALHADORES.

A seguir, é necessário que você clique em PIS para seguir com o procedimento.

Logo em seguida, clique em CONSULTAR PAGAMENTO

E para saber o valor exato do seu PIS e finalizar o processo é necessário que você adicione o número do seu PIS e uma senha que já tenha sido cadastrada anteriormente.

Caso não seja cadastrado, você pode cadastrar na hora!

Tabela PIS 2017 – 2021

Com bases nos gastos orçamentários do Estado, o governo libera a tabela de pagamento do PIS.

Confira abaixo, o calendário do PIS do ano de 2021, ATUALIZADO:

Data Quem pode sacar
8 de janeiro Mulheres com 62 anos ou mais e homens com 65 anos ou mais
22 de janeiro Pessoas a partir de 60 anos com conta na Caixa e BB
24 de janeiro Pessoas a partir de 60 anos
A qualquer momento Aposentados, idosos com mais de 70 anos e herdeiros de cotistas falecidos

Como Sacar o Caixa PIS 2021?

Agora que você já sabe se tem direito ou não ao PIS, e se seu cadastro está válido, é hora de descobrir como sacar seu dinheiro.

A seguir, mostramos as opções:

Cartão Cidadão:

Cartão que é feito para os trabalhadores receberem todos os seus direitos: FGTS, Seguro Desemprego, PIS entre outros.

Cartões da Caixa Econômica

Quem tem conta individual e em seu nome na caixa, terá o pagamento depositado em conta.

Caso você se encaixe nos tópicos citados acima, basta realizar o saque do seu dinheiro, baseado na data correta, porém, caso você não possua cartão cidadão e nem conta, basta ir em uma agência da caixa até a área de saque para receber seu dinheiro.

Caso prefira, solicite seu Cartão Cidadão

Telefone: 0800 726 0207

Documentos para Saque do Caixa PIS 2021

  • Cartão Cidadão ou
  • Cartão da Conta Caixa

Caso você precise ir na boca do caixa:

  • RG ou;
  • CNH;
  • Carteira de Trabalho.

Continue nos acompanhando, que qualquer nova informação iremos atualizar.

 

Benefícios

Cancelamento do Seguro Desemprego, porque acontece?

Quando o trabalhador é dispensando de suas funções, em alguns casos, ele pode solicitar o seguro desemprego. Este benefício é muito importante, pois pode garantir a segurança financeira em um período difícil. Entretanto, há alguns motivos que podem levar este recurso a ser anulado. Você sabe quais são eles? Veja a seguir por quais razões o auxílio desemprego pode ser cancelado.

O que é o seguro desemprego?

Quando o funcionário presta serviços através da carteira de trabalho assinada ele passa a ficar assegura por diversas leis trabalhistas. Uma delas garante que ele recebe auxílio financeiro caso venha a ser demitido de suas funções.

Este recurso é o auxílio desemprego, responsável por suprir as necessidades básicas do funcionário recentemente dispensado de seu cargo. Durante alguns meses, a pessoa que ficou desempregada irá receber um auxílio financeiro enquanto busca um novo emprego.

As parcelas do seguro desemprego são distribuídas entre 3 e 5 meses, dependendo diretamente do tempo de serviço prestado pelo funcionário. Para quem trabalhou por, pelo menos, 9 meses, terá direito a 3 parcelas. Quem prestou serviços por 12 ou 24 meses, irá receber respectivamente 4 e 5 parcelas.

Quem tem direito?

O auxílio desemprego é benefício do trabalhador brasileiro, mas não é todo mundo que pode recebê-lo. De acordo com o regulamento do benefício, pode ter direito a receber o valor do Seguro Desemprego, quem:

  • Exerceu um cargo com a carteira de trabalho assinada;
  • Foi dispensado de sua função sem prestação de justa causa;
  • Ter trabalhado para uma pessoa física ou jurídica por, pelo menos, 9 meses.

O que pode me levar a perder o auxílio?

O benefício é direcionado para auxílio dos trabalhadores que ficaram recentemente desempregados, mas há alguns motivos que podem levar o cidadão a perder este recurso. Você sabe quais são? Confira a seguir o que pode levar alguém a perder o direito ao saque:

  • Caso o empregador consiga comprovar justa causa, o beneficiado perde o direito ao auxílio;
  • Se o beneficiado começar a trabalhar com a carteira de trabalho assinada novamente;
  • Se for comprovado fraude em alguma documentação do processo;
  • Se for comprovado que o cidadão se recusar a participar de entrevistas ou recuse vaga de emprego a fim de não perder o seguro.

Atenção! Se esta não for a primeira solicitação do recurso, você deve estar atento às novas regras do auxílio desemprego. No caso de você ter recebido alguma parcela anteriormente, mas interrompeu o benefício por alguma razão, você irá receber a partir das parcelas que faltavam.

Benefícios

Todo trabalhador brasileiro tem direito a auxílios quando fica desempregado

Todo trabalhador brasileiro tem direito ao auxílio seguro desemprego, no entanto o trabalhador precisa está dentro dos requisitos e se encaixar nas novas regras. Veja como dar entrada no seguro desemprego e em que momento podemos solicitar esse benefício.

O seguro desemprego é um benefício garantido e previsto na Constituição Federal a todo trabalhador brasileiro dispensado de seu emprego sem justa causa, ou seja, o trabalhador que por algum motivo perdeu o vínculo empregatício com a antiga empresa, pode solicitar esse benefício.

Atualmente existem cinco formas para pagamento do seguro desemprego que são:

  • Seguro Desemprego Formal – Benefício temporário dado ao trabalhador desempregado sem justa causa.
  • Seguro Desemprego Pescador Artesanal – Esse benefício destina-se aos pescadores profissionais que realizam trabalhos de formas artesanais, individuais ou em gestão de economia familiar. Esse benefício também é temporário e é concedido ao pescador no momento em que as atividades de pesca são paralisadas devido ao período defeso (época em que os animais começam a se reproduzir).
  • Bolsa Qualificação – Esse seguro é indicado para profissionais que tiveram seu contrato de trabalho suspenso, para participar de um curso ou de um programa de qualificação profissional oferecido pelo empregador.
  • Seguro Desemprego Empregado Doméstico – É indicado para o empregado doméstico cadastrado na Previdência Social. Para dar entrada nesse benefício o empregado não pode ter sido mandado embora por justa causa e precisa ter trabalhado nesta função por no mínimo 15 meses nos seus últimos 24 meses.
  • Seguro Desemprego Trabalhador Resgatado – Destinado os trabalhadores que comprovarem que realizam trabalho forçado ou em condições de escravos.

Confira aqui outras informações sobre os benefícios citado acima. Conforme mencionado anteriormente o trabalhador que deseja dar entrada no seguro desemprego (pela primeira), não pode ter sido desligado da empresa por justa causa e além disso o trabalhador também precisa ter trabalhado um período mínimo de 12 meses consecutivos.

Observação: para dar entrada pela segunda vez o trabalhador precisa ter trabalhado o equivalente a 9 meses ininterruptos, e para dar entrada da terceira vez em diante são necessários 6 meses de trabalho consecutivos.

O primeiro passo para dar entrada no seguro desemprego é agendar dia, hora e local para levar o requerimento do seguro e os outros documentos necessários, lá eles vão informar os valores a receber e o prazo para receber. Veja aqui o passo a passo de como agendar seguro desemprego.

Documentos Necessários

Não tem como dar entrada no seguro desemprego sem seus documentos pessoais, então fique atento para não esquecer de nenhum.

  • Carteira de trabalho;
  • Documento de identificação na validade;
  • CPF;
  • PIS/PASEP ou extrato atualizado;
  • Comprovante dos depósitos no FGTS ou extrato comprobatório dos depósitos;
  • Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho, com o código 01 ou 03 ou 88, devidamente homologado, para os contratos superiores a um ano de trabalho ou Termo de Quitação de Rescisão do Contrato de Trabalho (acompanha o TRCT) nas rescisões de contrato de trabalho com menos de um ano de serviço ou Termo de Homologação de Rescisão do Contrato de Trabalho (acompanha o TRCT) nas rescisões de contrato de trabalho com mais de um ano de serviço.

Caso tenha outras dúvidas acesse o site oficial da MTPS ou através do telefone 0800 7260207 (Caixa Econômica) ou 135 (Atendimento Previdenciário).

Educação

NÃO PASSEI NO ENCCEJA, E AGORA?

O Encceja é uma prova muito importante, que permite a conquista do certificado de conclusão do ensino fundamental e do ensino médio. A aplicação da prova é longa e o participante tem que responder muitas questões. Esta é uma prova cansativa e além dos quesitos disponíveis, também é necessário responder a uma prova de redação

Considerando a dificuldade do Encceja, não é difícil imaginar que algumas pessoas não conseguem passar de primeira. Se por acaso, você ainda não conseguiu seu certificado através da iniciativa, veja o que fazer a seguir:

O que é o Encceja?

Ainda existe uma grande porcentagem de brasileiros que interromperam ou não concluíram no tempo estipulado o ensino fundamental e médio. Para estas pessoas, a realização da prova do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adulto (Encceja) é fundamental.

Sem o documento que comprova a finalização do seu ensino básico, fica inviável para você o trabalho através da carteira assinada e o ingresso no nível superior.

O Encceja é muito importante e já fez a diferença na vida de centenas de pessoas. Para participar, é preciso se inscrever através do site e visualizar as informações como data, hora e local de prova.

O exame se divide em duas categorias: a prova para ensino fundamental e aprova para ensino médio. Você deve escolher a sua modalidade   página do participante.

Não passei na prova: e agora?

Não obter aprovação no resultado do Encceja de primeira é comum, principalmente para quem não está acostumado com longas aplicações de prova. Mas você não precisa se desesperar, pois é possível contornar esta situação.

O exame acontece anualmente, portanto, se você não passou, deve começar a estudar para a próxima versão da prova. Uma boa forma de garantir o seu sucesso na avaliação é estudando através do caderno ENCCEJA.

Este material possui conteúdo específicos que estarão presentes nas duas modalidades do exame. Você deve estudar para o tipo de prova que escolheu na página do participante.

Para quem prefere aprender com o auxílio de um tutor, você pode procurar um curso preparatório online ou presencial para ajudar no seu preparo.

Quem pode participar?

O ENCCEJA inscrição, geralmente ocorre no mês de abril e para participar, é preciso antes preencher alguns requisitos básicos da iniciativa. Confira abaixo:

  • Para quem vai realizar a prova do ensino fundamental, é necessário ter 15 anos completos até o dia da avaliação;
  • Para quem vai realizar a prova do ensino médio, é necessário ter 18 anos completos até o dia da prova;
  • Ambas as categorias devem dispor de Cadastro de Pessoa Física (CPF).
Educação

Com profissionalização será mais fácil de ingressar no mercado de trabalho

A profissionalização e o domínio do conteúdo teórico podem ser o diferencial que você precisa para se destacar no mercado de trabalho e obter as melhores vagas com as melhores remunerações e se você está procurando por cursos técnicos, de graduação, ou pós-graduação, ou se você está pretendendo terminar o ensino médio, com o Educa Mais Brasil é possível.

O Educa Mais Brasil é um programa desenvolvido com o intuito de facilitar o acesso à educação para a população brasileira que quer estudar, mas possui baixa renda.

Os candidatos passam por um processo seletivo e concorrem à bolsas de estudos que aproximam as mensalidades dos valores que o cidadão pode pagar.

Esta foi a forma que o Grupo educar encontrou de garantir melhor qualidade de vida ao cidadão, gerar profissionais qualificados, e contribuir para o país, de uma forma ampla.

Inscrições em Salvador

As inscrições Educa Mais Brasil 2021 para concorrer a bolsas de estudos são realizadas diretamente no site. Este é o primeiro passo para se candidatar a uma vaga no curso pretendido.

É preciso atender a alguns critérios para fazer a inscrição, como a comprovação de que não pode pagar o valor integral da mensalidade.

Para se inscrever primeiro selecione o curso que mais interessa. Você será pedido para escolher mais opções. Repita o procedimento.  Complete seu cadastro e aguarde um e-mail de aprovação.

Com a carta de aprovação em mãos basta que o aluno compareça à Instituição de ensino desejada e entregue a carta, para ter o desconto em suas mensalidades.

Cursos do Educa Mais Brasil disponíveis na cidade de Salvador

Confira agora alguns cursos disponíveis na cidade de Salvador:

Graduação EAD:

  • Administração
  • Comércio Exterior
  • Gestão em Turismo
  • Gestão de Recursos Humanos
  • Gestão Pública
  • Matemática
  • Pedagogia

Graduação Presencial:

  • Administração
  • Biomedicina
  • Comunicação Social
  • Enfermagem
  • Engenharia Ambiental
  • Farmácia
  • Nutrição

Cursos profissionalizantes:

  • Açúcar e Álcool
  • Designer Gráfico
  • Gestão Financeira
  • Programador
  • Rotinas Administrativas
  • Webdesigner

Técnico Presencial:

  • Análises Clínicas
  • Enfermagem
  • Farmácia
  • Radiologia
  • Saúde Bucal
  • Técnico em Óptica

Esta é uma pequena amostra da variedade de cursos encontrados nestas modalidades. A lista de cursos é muito maior que esta, e você pode contar com muitas opções. Certamente uma delas será a sua preferida!

Não perca tempo! Inscreva-se agora através do site do Educa Mais Brasil, e comece hoje mesmo a mudar a sua história, construindo um futuro melhor para você e para sua família!

Acredite, com o Educa Mais Brasil, é possível!

Trânsito

Conheça as obrigatoriedades dos motoristas de Minas Gerais

Além dos impostos convencionais que todos os moradores de Minas Gerais são obrigados a pagar, existe um em especial que deve ser pago por alguns proprietários de veículos: o IPVA 2021 MG Fique sabendo se você precisa pagar o IPVA 2021 MG e conheça mais informações na matéria de hoje!

Isenção do IPVA MG

Existem alguns veículos que são considerados pelo governo como casos especiais e recebem a isenção de pagamento do IPVA 2021 MG.

A lista de isenções para o ano de 2021 ainda não divulgada. Assim que isso acontecer, nós atualizaremos o nosso blog. Por enquanto, você confere as isenções de pagamento de 2018. Confira:

  • Veículos pertencentes aos órgãos diplomáticos brasileiros;
  • Veículos utilizados em atividades agrícolas;
  • Máquinas que exerçam atividades de terraplanagem, guindastes, empilhadeiras e máquinas utilizadas na construção civil;
  • Veículos utilizados para fazer o transporte rodoviário de passageiros mediante a cobrança de passagem;
  • Motocicletas com capacidade de até 50 cilindradas;
  • Micro-ônibus e ônibus utilizados para o transporte público de passageiros, desde que devidamente autorizados pelos órgãos competentes;
  • Veículos adaptados para pessoas com qualquer tipo de deficiência;
  • Veículos do Corpo de Bombeiros utilizados para apagar incêndios;
  • Embarcações utilizadas pelos pescadores em suas atividades de pesca;
  • Veículos que tenham mais de 15 anos de fabricação.

Valor e Pagamento do IPVA MG

Para se determinar o valor do IPVA 2021 MG é necessário fazer uma conta simples. O valor corresponderá à porcentagem determinada pelo Governo de Minas Gerais aplicada sobre o valor venal do seu veículo.

As alíquotas que deverão ser aplicadas em 2021 ainda não foram divulgadas. Os valores vigentes em 2018 são:

  • Veículos e Utilitários: 2,5%
  • Veículos acima de R$ 120 mil: 3%

O pagamento do IPVA, em 2018, foi feito à vista ou parcelado. Quem optou pelo pagamento à vista recebeu desconto de 10%. Os pagamentos parcelados puderam ser divididos em até 3 vezes, sem desconto.

Onde Pagar?

Você poderá realizar o pagamento desse imposto nos seguintes estabelecimentos:

  • Banco Bradesco
  • Banco do Brasil
  • Santander
  • Casas Lotéricas
  • Banco Itaú

Como Emitir a Guia de Pagamento do IPVA MG?

Você sabia que é possível conferir a situação dos débitos do seu veículo e ainda emitir a sua Guia de Pagamento do IPVA 2021 MG pela internet?

Para fazer isso, siga os passos abaixo:

  • Acesse o site oficial do DETRAN clicando aqui;
  • Preencha as informações de RENAVAM e o código de segurança;
  • Digite os caracteres da imagem e clique em “Confirmar”.
Trânsito

Pagamento do Imposto Automotivo RJ já pode ser feito

A Secretaria da Fazenda do Rio de Janeiro (Sefaz-RJ) já disponibilizou em seu, o boleto para pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) referente ao exercício de 2018. O contribuinte tem acesso ao documento após colocar os dados do veículo, como o número de Renavam, por exemplo. Através do site do Detran (RJ) também é possível imprimir o boleto.

Para 2019, o valor do desconto da cota única permanece em 15%. Para carros com final de placa 1, a data limite de pagamento é 29 de janeiro. Quem optar por parcelar o imposto não terá desconto e deve quitar a primeira cota também em 29 de janeiro. As demais vencem em 29 de fevereiro e 31 de março.

O IPVA atinge 700.301 veículos. Devem ser arrecadados R$ 205 milhões este ano.

Transitar com seu veículo com o IPVA atrasado pode acarretar diversos transtornos, portanto, caso não tenha feito o pagamento até a data de vencimento, veja como regularizar a situação. A primeira medida a ser tomada para regularizar o pagamento do IPVA RJ atrasado é acessar o site do Detran de seu estado, e realizar a consulta dos débitos do mesmo.

Faça a consulta do IPVA, emita a guia atualizada, com cálculos de juros e multas, realize o pagamento em lotéricas, bancos e estabelecimentos conveniados. Em alguns casos é possível fazer o parcelamento do IPVA atrasado, para isso, selecione a opção quando existir, emita as guias, geralmente o parcelamento pode ser feito em até 3 vezes.

Benefícios

Benefícios que são recebidos pela Caixa Econômica Federal

Para realizar a consulta PIS 2020 e visualizar o valor pendente para recebimento, basta acessar o site da Caixa Econômica Federal e seguir os seguintes passos que citaremos abaixo:

  • Acesse www.caixa.gov.br;
  • Coloque o seu número do NIS;
  • Preencha com sua senha cadastrada;
  • Selecione a opção “Não sou um robô”;
  • Por fim, clique em “OK”.

Aplicativo Caixa

Além da consulta calendário PIS 2020 feita pelo site, você poderá ter todas as informações através do aplicativo criado pela Caixa Econômica Federal para atender milhões de trabalhadores brasileiros, trazendo comodidade e facilidade com apenas alguns toques.

Você pode realizar o download do aplicativo no seu Smartphone, que é prático e muito fácil basta procurar nas pesquisas por “Caixa Trabalhador” que é o nome do APP e baixar, em poucos minutos que você poderá realizar diversas consultas como:

  • Informações referente ao PIS;
  • Abono Salarial;
  • Seguro-desemprego;
  • Confere o calendário de pagamentos.

Como sacar o PIS

Após a divulgação do calendário do PIS é importante que você realize a consulta para saber quando será pago seu benefício e aguarde a data de pagamento estabelecida.

O pagamento ocorre geralmente a partir de Julho e vão se estender até o mês de março do ano seguinte vale lembrar que o recurso não acumula de um ano para o outro e se o indivíduo perder o prazo ficará sem receber.

O saque do PIS 2020 funciona de diferentes maneiras dependendo de cada caso, quem já possui o Cartão Cidadão pode efetuar o saque nos caixas eletrônicos da Caixa, Correspondentes Caixa Aqui e Lotéricas, basta o cartão e a senha.

Aquelas pessoas que ainda não tem o cartão cidadão, deve procurar uma agência da Caixa e apresentar os seguintes documentos de identificação para realizar o saque:

  • Documento oficial de identificação;
  • CTPS modelo informatizado – Carteira de Trabalho e Previdência Social;
  • Número de inscrição no PIS/PASEP.
  • Aqueles trabalhadores que tem na CAIXA terão o valor depositado diretamente na conta.

Conclusão

Nesse artigo você viu que é muito fácil obter informações sobre seu benéfico, basta ficar atento à quando o calendário PIS 2020 estará disponível para consulta e aguardar para sacar o valor.

Se ficou alguma dúvida pendente, não hesite em nos deixar no comentário que assim que possível iremos te responder. Boa Sorte!